[Administração] Introdução ao Comércio Exterior - Parte (1/2) - Histórico


Nesse primeiro post abordando o assunto de Comércio Exterior, abordarei um breve histórico a respeito do Comércio Exterior e os principais fatos de cada período  

Bem... Para compreendermos esse assunto temos que voltar um pouco no tempo. 
A Segunda Guerra Mundial com certeza foi marcante em diversos aspectos para as mais variadas áreas. Neste caso, foi no Pós Segunda Guerra que o comércio voltou a ser "um motor do desenvolvimento econômico internacional. 

Nesse período houve a redução das chamadas barreiras tarifárias patrocinadas no âmbito da GATT, traduzido no português como "Acordo Geral de Tarifas e Comércio" (do inglês "General Agreement on Tariffs and Trade"). A GATT foi uma série de acordos realizados entre diversas nações para reduzir as taxas e tarifas aduaneiras nas transações comerciais. Funcionou até 1995, ano em que foi substituída pela OMC (Organização Mundial do Comércio) 

Ainda nessa época as tarifas reduziram em média, de 35% a 6%, tendo um efeito extremamente significativo e a partir de 1970, há uma nova forma de protecionismo comercial. Entretanto, foi nos anos 1970 houveram choques do petróleo e das taxas de juros, a crise do petróleo, a ruptura das taxas de câmbio fixas. Mas também houve maior mobilidade de capital e o os países que antes eram conhecidos como "subdesenvolvidos" começam a se industrializar. 

A partir de então surgem também as restrições não tarifárias (RNT), como exemplo dessas barreiras podemos citar as fitossanitárias, barreiras que colocam e especificam controle de qualidade e entrada de novos produtos, até por uma questão de "proteção do mercado interno" 

Outro fato importante foi a Rodada do Uruguai, que aconteceu no ano de 1994, e merece destaque porque foi só após este acontecimento que a agricultura e os serviços foram incorporados nas negociações do mercado internacional destes setores. Assim, países como o Brasil também puderam participar deste cenário 

Um aspecto que precisa ser levado em consideração é que o comércio mundial está cada vez mais dinâmico, e regionalizado, então tem-se a criação de Blocos Econômicos como o Mercosul, a União Europeia e Tigres Asiáticos, e agrupamento de países como a ALCA (Área de Livre Comércio das Américas) e BRICS/TICKS 

Nos últimos 50 anos (lembre-se que comecei falando do Pós Segunda Guerra), o crescimento médio do PIB mundial foi de 3,7% ao ano, enquanto a exportação cresceu 4,6% ao ano 

Além disso, desde o final dos anos 1980, seguindo a tendência mundial, o Brasil passou a adotar uma política de abertura comercial, reduzindo o grau de proteção às atividades produtivas domésticas, considerando-se que na década de 1990 teve abertura ao comércio internacional por parte do então presidente Fernando Collor, e no ano de 1994, o Plano Real 

Fonte: 
http://www.infoescola.com/economia/gatt/
CARVALHO FILHO, José Batista de. Gestão de Negócios Internacionais: Teorias do Comércio Internacional. Caderno de Atividades. Valinhos: Anhanguera Educacional, 2014.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

William Shakespeare:Romeu e Julieta-Trecho; A "Cena do Balcão", Ato II, Cena II

Yuki Furukawa (古川雄輝)

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História