Pular para o conteúdo principal

Rebeca Arimi Suzuki

Rebeca Arimi Suzuki

15 de maio: O dia dos Professores na Coreia

"Revisando o que aprendeu e aprendendo uma vez mais você está apto a ser professor" (Confúcio)

"Os Analectos" foram compilados em sua forma final por volta de 210 a. C, por alunos de Confúcio, provavelmente o professor mais famoso da9antiga Ásia Oriental. Sua influência, ou ao menos as interpretações de suas influência tem se espalhado através dos tempos e do espaço deixando sua marca para muios povos da Ásia Oriental.

Embora o Dia dos Professores caia no dia 5 de outubro de cada ano, a Coreia comemora seu próprio Dia dos Professores (스승의 날) ou "Dia dos Professores Nacional", em meados de maio de cada ano. A forma atual de celebrar este feriado começou em 1963, quando um grupo de jovens da Cruz Vermelha foi visitar seu professor que estava doente no hospital. Em 1965, a data do feriado foi alterada para coincidir com a do aniversário do Rei Sejong, o Grande (1397-1450), que cai no dia 15 de maio. O feriado foi proibido de 1973 a 1982 durante um dos dias mais sombrios da Ditadura, mas foi retomada no ano de 1983, quando a sociedade começou a se abrir e a encontrar sua voz. Todos os anos, no dia 15 de maio na véspera da data, professores ao redor de toda a nação são presenteados com cravos. Tantos os alunos quanto ex-alunos, vão às salas de aulas homenagear seus professores favoritos e presenteá-los com um pequeno cravo vermelho. É também no dia 15 de maio que, na capital, o Ministro da Educação entrega uma premiação ao professor mais destacado entre toda a nação. Este educador é premiado por sua metologia, influência sobre seus pupilos e seu total trabalho para melhorar a sociedade. Nas províncias, e ao redor do país, a organização de ex-alunos organiza frequentemente "cerimônias para demonstrar gratidão" ou ações em geral que mostrem gratidão nas escolas locais para agradecer seus ex-professores. Nós todos passamos cerca de duas décadas na escola, e honrando nossos professores favoritos, nós lembramos da juventude e nos traz de volta para junto de nossos colegas de classe de anos atrás.

Entretanto, assim como a maioria das coisas, pode haver um lado escuro no Dia dos Professores também, e isso é resultado das falhas encontradas no sistema de educação moderno. Como reportado no "Los Angeles Times" no dia 13 de maio de 2009, há escândalos ocasionais, quando alunos abastados dão presentes particularmente extravagantes aos seus professores. De fato, algumas escolas fecham para evitar alguma suspeita de suborno ou favoritismo. Como o artigo ressalta:
"Autoridades procuraram interceptar um suborno' - geralmente um plano que envolve muito dinheiro, dado pelos pais excessivamente aflitos procurando alguma vantagem na classe para seus filhos, tal como negociam a respeito do ambiente escolar altamente competitivo"

Apesar disso, a maioria dos escândalos simplesmente se destacam por sua raridade. Um problema maior do dia dos professores é a apatia.

Em 2012, o The Korea Times colocou na sua manchete: "O Dia dos Professores é uma tradição que está desaparecendo". Isso foi citado com o resultado de um levando mostrando que a maioria dos graduados ou ignoram o Dia dos Professores, não se sentem "prontos" para se mostrarem aos seus professores novamente ou simplesmente estão ocupados no dia 15 de maio, tão ocupados a ponto de nem passarem em suas escolas para presentear seus professores favoritos com um cravo vermelho.
As metas oficiais do governo com o feriado são:
"Criar um clima social de respeito e autoridade ter um dia no qual nós honramos os professores, aumentar a moral do professor e melhorar o status social dos professores" De fato, ao ler esta sentença desta missão não há duvida que o graduado da modernidade está apático em relação ao Dia dos Professores.

Entretanto, isso não é tudo tão distópico, há um raio de luz no Dia dos Professores, como disse Olivia Huynh, desenhista da Google no dia 15 de maio de 2015:
"Professores são nossos mentores, amigos e catalizadores. Eles são bárbaros, faíscam de forma ávida, os quais conseguem com uma palavra, deixar nossas paixões brilharem. Não são absolutamente nossos pais, mas nos elevam para a melhor versão de nós mesmos. Suas impressões são para sempre, tal como o que aprendemos com eles é passado a frente, como uma herança da sabedoria. Hoje, vamos celebrar os professores, uma das mais nobres e mais altruístas das vocações, em torno de toda a Coreia."
De verdade, não penso que há algo melhor a dizer do que isso.
Então, neste dia, mesmo que for apenas através do Facebook, vamos nos encontrar com nossos educadores. Eles significam muito a nós, e a quem nós somos hoje, e também ao quanto crescemos desde crianças.

Fonte: Korea.net 
Traduzido por Rebeca Suzuki

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Yuki Furukawa (古川雄輝)

Perfil
Nome: Yuki Furukawa (古川雄輝)
Data de nascimento: 18/12/1987 (27 anos) 
Altura: 180 cm 
Peso: 60 kg
Terra natal: Tokyo, Japão
Profissão: Ator e modelo
Agência: Horipro
Línguas: Japonês e Inglês

Facebook: Yuki Furukawa Oficial
Twitter: Yuki Furukawa Oficial
Instagram: Yuki Furukawa Oficial
Blog: Yuki Furukawa Oficial 



Sobre
Yuki Furukawa é um ator e modelo do Japão. Nascido em Tokyo, ele se mudou para o Canadá, em Toronto, com sua família, quando tinha apenas 7 anos de idade. Morou 11 anos no exterior, sendo que, com 16 anos, mudou-se por conta própria a Nova York (EUA), como um estudante de pesquisa durante dois anos.
Voltou ao Japão quando tinha 19 anos. Ao regressar, teve dificuldades ao se adaptar com a língua e a cultura japonesa, já que no Japão, falar inglês no dia a dia é considerado falta de educação. 
Durante o ensino fundamental, ele pertenceu ao clube de basquete. Cursou a universidade de Keio, com especialidade para Ciências da Engenharia. 
Seu pai é médico e investigador na área de me…

William Shakespeare:Romeu e Julieta-Trecho; A "Cena do Balcão", Ato II, Cena II

Ato II- Cena II

O mesmo.
Jardim de Capuleto
Entra Romeu

Romeu:Só ri das cicatrizes quem ferida nunca sofreu no corpo
Julieta aparece na janela
Mais silêncio!Que luz ecoa agora da janela?Será Julieta, o sol daquele oriente?Surge formoso sol,e mata a Lua cheia de inveja,que se mostra pálida, e doente de tristeza,por ter visto que,como serva,és mais formosa que ela.Deixa,pois, de serví-la.
Ela é invejosa.
Somente os tolos usam sua túnica de vestal, verde e doente;joga-a fora.És minha dama.Oh,sim!É meu amor!Se ela soubesse disso!Ela fala;contudo não diz nada.Que importa?Com o olhar está falando.Vou responder-lhe.
Não,sou muito ousado,não se dirige a mim.As duas estrelas do céu, as mais formosas,tendo tido qualquer ocupação,aos olhos dela pediram que brilhassem nas esferas até que elas voltassem.
Que se dera se ficassem lá no alto dos olhos dela,e em sua cabeça dois luzeiros?Suas faces nitentes(resplandecentes,brilhantes)deixariam corridas às estrelas, como o dia faz com a luz das candeias, e seus o…

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História

A Viagem de Chihiro é uma das obras primas mais famosas de Hayao Miyazaki, e que mais ganhou premiações pela história bem elaborada.
Chihiro é uma menina de dez anos, que, por casos da vida, entra em um túnel com os pais (que por sinal, estavam curiosos para saber onde a passagem ia dar) e acaba parando em um mundo paralelo, cheio de mistérios e criaturas mágicas.

Sen to Chihiro no Kamikakushi (千と千尋の神隠し, nome original do filme) é, na verdade um jogo de palavras. Sen é uma palavra que tanto pode fazer referência ao nome que a protagonista, Chihiro, adquire durante o filme, ou "mil", "muitos" ou ainda "múltiplos". Além disso, a junção das duas primeiras palavras forma "Sento", que significa "Casa de Banho", onde a maior parte da história se passa.
O filme é composto de diversas metáforas e simbolismos tais como:

A metáfora dos porcos, quando os pais de Chihiro vão ao restaurante com a menina e são tranformados em porcos - Isso representa a…