[Resenha] A Herdeira - Kiera Cass

Informações do livro:
Título: A Herdeira
Título Original: The Heir 
Autora: Kiera Cass
Ano: 2015
Gênero: Chick-Lit, Romance 
Páginas: 361
Edição: 01
Editora: Seguinte 

Ficha técnica: 
Lido em: Maio de 2015
Tempo que levei para ler: 2 dias 
Comecei a ler em: 10/05/2015
Terminei de ler em: 11/05/2015.

Resenha 
Terminei de ler o livro hoje e fiquei totalmente encantada com toda a história, que para ser honesta, me consumiu até a última linha. 
A narração é feita pela filha mais velha de Maxon e America, uma garota independente, inteligente, decidida, determinada, mas que detesta fracassar (Pra mim, boa parte de sua personalidade provém de sua mãe). Ela nunca pensou no amor como algo que precisaria vivenciar um dia e gostou menos ainda da ideia de casar com um estranho, por isso ficou meio relutante de início, a respeito da Seleção. 
O que me chamou a atenção foi exatamente o fato da Seleção ser liderada por uma garota, uma vez que até então (nos 3 primeiros livros) só se disputava pelo príncipe 
Outra coisa que eu realmente gostei foi do fato de a protagonista ter uma amizade grande com a empregada Neena e como a relação com os pais é tranquila 
A medida que a menina vai descobrindo mais a respeito da Seleção de sua mãe America, eu me via imaginando todas aquelas cenas, como se uma lembrança estivesse voltando à mente 

Quanto à vida amorosa da garota, logo que percebi que ela detestava Kile, eu supus que ela o amava, e por isso estou na torcida para ambos ficarem juntos ao final da trama (espero que eu esteja certa, de verdade!) Oh, my God! Aquele beijo dos dois mesmo que fosse só pra distrair o povo de Iléa (e que saiu na capa da revista) me deixou à flor da pele! Nesse momento pensei em como a Herdeira é sortuda por ter um cavalheiro desses perto dela todo santo dia! (ainda que ela não se dê conta do que sente e/ou ache o cara bem nerd).

Em relação aos outros selecionados, me impressionei bastante quando Eadlyn se livrou de 11 deles de uma só vez! 
Mas, depois de ler mais alguns capítulos, fui percebendo como a princesa pode ser sensível e amigável com seus pretendentes, a ponto de cavalgar ou cozinhar com eles. Ou só ter uma conversa bem franca com algum deles.
Adorei a amizade da protagonista com Erick (o tradutor de Henri, um dos concorrentes). Achei ele extremamente atencioso ao conversar e até mesmo, salvar a princesa em momento crítico. Esse é o tipo de homem que gostaria de ter por perto! (não que eu me ache a Cinderella, para precisar ser salva ou coisa do tipo - que isso fique bem claro, espero!).

Bem, depois de tudo isso, só posso dizer que Kiera Cass me deixou curiosíssima ao final da história, por três motivos principais:
Primeiro: America, atual rainha, sofre um ataque cardíaco (e eu quero imensamente saber o que vai acontecer a ela, pois me parte o coração saber disso) 
Segundo: O irmão gêmeo da princesa foi à França (quero saber como fica a situação Camille x Eadlyn) 
Terceiro e mais importante: A Seleção está rolando e eu quero saber quem será o futuro príncipe herdeiro (espero que meu desejo seja atendido neste quesito) 

Que venha mais! 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

William Shakespeare:Romeu e Julieta-Trecho; A "Cena do Balcão", Ato II, Cena II

Yuki Furukawa (古川雄輝)

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História