[Letra/Tradução] Lasciala Andare - Irene Grandi

È incontrollabile, imprevedibile 
É incontrolável, imprevisível
ma così labile, leggero come nuvole
Mas é assim fraco e ligeiro como a nuvem

In mezzo alle pagine 
Em meio àquelas páginas
di questo mio libro ci sei tu 
Daquele meu livro, está você
davvero difficile 
Verdadeiramente difícil
lasciare i ricordi andare giù 
Deixar a recordação desaparecer
quasi sicuramente 
Quase seguramente
tu mi dirai di no 
 me dirá que não 
ti chiedo solo un istante, ancora un po'
Te peço apenas um instante, ainda um pouco mais
Lasciala andare come va 
Deixe-a partir como ela vai
come deve andare 
Como deve partir 
è una cometa che sa già
 
É um cometa que já sabe
dove illuminare
Onde iluminar 

Sarà l'abitudine 
Serão os hábitos
sarà che ogni giorno eri con m
Será que cada dia seria comigo
indimenticabile 
Inesquecível
ancora mi vieni in mente 
Ainda me vem à mente
così incessantemente 
Assim incessantemente
come una goccia che 
Como uma gota que
cade leggera ma scava dentro me
Cai rápido, mas que desenterra do meu interior
Lasciala andare come va 
Deixe-a partir como ela vai
come deve andare 
Como deve partir
è una cometa che sa già 
É um cometa que já sabe
dove illuminare

Onde iluminar 

È incontrollabile, imprevedibile 
É incontrolável, imprevisível
troppo indelebile nelle mie molecole 
Muito forte nas minhas moléculas
e così stabile, irriducibile 
É assim, estável e irredutível
ma così labile, leggero come nuvole
Mas é assim, fraco e ligeiro como a nuvem 

È incontrollabile, imprevedibile 
É incontrolável, imprevisível
troppo indelebile nelle mie molecole 
Muito forte nas minhas moléculas
e così stabile, irriducibile 
É assim, estável e irredutível
ma così labile, leggero come nuvole
Mas é assim, fraco e ligeiro como a nuvem
Lasciala andare come va 
Deixe-a partir como ela vai
come deve andare 
Como deve partir
è una cometa che sa già 
É um cometa que já sabe
dove illuminare
Onde iluminar 

Lasciala andare...
Deixe-a partir...

(così stabile... irriducibile..ma così lebile leggero come nuvole...)
(assim estável...Irredutível...Mas é assim, fraco e ligeiro como a nuvem...)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

William Shakespeare:Romeu e Julieta-Trecho; A "Cena do Balcão", Ato II, Cena II

Yuki Furukawa (古川雄輝)

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História