[Crítica] Epílogo de Aspen & Lucy - Kiera Cass

Li o epílogo de Aspen e Lucy pela tarde. Honestamente, não sabia o que esperar desse final, pois para mim, bom, eu seria capaz de imaginá-lo de diversas formas, e gostei de como a autora o fez. 
Sempre torci para Aspen e Lucy ficarem juntos, sempre achei as cenas de ambos muito fofas, e na maior parte das vezes (tal como nesse epílogo), o que me prende a atenção e faz os momentos do casal serem sempre doces é a bondade da Lucy (e sua carência, seu jeito inocente de se expressar). Somado a isso, há o cavalheirismo e a necessidade de proteger alguém, vinda de Aspen Leger 
Depois de ler, tudo que me vem à cabeça é dizer que o epílogo dos dois foi simplesmente perfeito. 
Admiro a franqueza de ambas as partes, mas principalmente de Lucy, ao mencionar com insistência o nome de America, para ter certeza que não há mais nada entre ela e o seu amado Aspen. Admirei a coragem dela por ser capaz de dizer tudo o que sentia (eu também iria querer saber que sou única para alguém, se estivesse na pele dela).
Para deixar a minha felicidade ainda maior, Lucy conseguiu ouvir a frase que toda e qualquer pessoa apaixonada deseja escutar: Eu te amo.
Foi incrivelmente emocionante, e me deixou à flor da pele, fiquei feliz por Lucy e Aspen, afinal, um dia cada um de nós encontra sua outra metade...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

William Shakespeare:Romeu e Julieta-Trecho; A "Cena do Balcão", Ato II, Cena II

Yuki Furukawa (古川雄輝)

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História