Gênero Literário #05 - Fantasia

Alice no País das Maravilhas: Um exemplo clássico da fantasia
Fantasia significa literalmente "sem relação com a realidade". A literatura fantástica existe desde muito séculos atrás, ainda no Classicismo, quando os autores mencionavam os mitos e lendas e elementos que os compõe (como as ninfas, por exemplo). 
A fantasia é facilmente encontrada em diversos tipos de obras como por exemplo: romances, contos, filmes, livros em geral, artes plásticas e histórias em quadrinhos. 
Esse gênero perdura até os dias atuais, mas como tudo se transforma ao longo dos tempos, atualmente a literatura fantástica se utiliza muito de seres e poderes sobrenaturais. Bruxos, magos, tal como suas inúmeras magias...
Como o próprio nome sugere, uma das principais características da fantasia é a fuga da realidade. 
Há uma das vertentes chamada de "Realismo Mágico", no qual, os elementos da vida real se fundem com os irreais. 
Existe ainda a "ficção especulativa", que é assim denominada por se tratar da junção entre fantasia, ficção científica e horror. 
Minha opinião sobre o gênero "Fantasia"
A fantasia é um gênero extremamente abrangente, tanto em termos de tema quanto de público alvo. Inúmeras pessoas, de qualquer idade, podem assistir ou ler algo "fantástico" 
Sempre estive em contato com a fantasia desde muito pequena, até porque minha primeira paixão pela leitura se deu pelos gibis da Mônica e os contos de fadas como Cinderela e Branca de Neve, por exemplo. 
Mas, eu li desde as HQs até as aventuras de Percy Jackson, tal como as "Crônicas dos Kane", livros escritos por Rick Riordan. 
Claro, como leitora, não dispenso um bom romance (gosto muito de romances) com um gostinho de fantasia (ou magia) para completar uma deliciosa história!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

William Shakespeare:Romeu e Julieta-Trecho; A "Cena do Balcão", Ato II, Cena II

Yuki Furukawa (古川雄輝)

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História