[Frases] De Repente, Ana - Marina Carvalho (Parte 3)

"A ligação de Estela serviu para abrir meus olhos em um sentido. Eu não podia deixar a Ana sozinha diante de tanta cobra prestes a dar o bote" - Alexander - (Capítulo 18 - Alex).

"Então a Ana estava a fim de se fazer de difícil. Eu também sabia ser bem impossível" - Alexander - (Capítulo 18 - Alex).

"Eu sabia que ela estava dizendo a verdade. Confiava nela. Mas era um saco ter a consciência de que minha namorada passava mais tempo com um cara que a apalpava daquele jeito do que comigo" - Alexander - (Capítulo 18 - Alex).

"Sorri para Alexander de um jeito que deixou bem explícito o quão agradecida eu estava. Então ele foi atrás dos apetrechos necessários e eu fiquei lá, parada na frente de Andrej, com o espírito renovado de esperança" - Alexander - (Capítulo 19 - Não gosto desse cara!").

"De novo, ela preferiu se mostrar reticente, não negando minha afirmação, embora também não confirmasse. Mas a mentira estava lá, clara. Não nasci ontem, e sei quando alguém, principalmente minha namorada, está está escondendo alguma coisa de mim" - Alexander - (Capítulo 20 - Alex). 

"Luce correu e pulou no pescoço do pai. Como é que a minha reação poderia ser só cisma se, enquanto o cretino segurava a filha nos braços, não tirava os olhos malignos de mim?" - Ana Markov - (Capítulo 21 - Ruim com você? Pior sem...).

"Fiquei arrepiada! Eu não queria me deixar contagiar pelo pavor que aquelas palavras transmitiam, mas um frio glacial percorreu meu corpo, uma sensação de mal agouro impossível de ignorar" - Ana Markov - (Capítulo 22 - Olho Grego).

"A Ana sempre conseguia amolecer o meu peito quando me enviava aquelas mensagens com pedidos de desculpas e promessas tentadoras. Desde o começo" - Alexander - (Capítulo 23 - Alex).

"Fechei o notebook com força e me joguei sobre a cama. Tinha consciência de que meu corpo estava salpicado de areia da praia e de que precisava me arrumar para o trabalho. Apesar disso, não resisti a ficar ali, deitada feito um bezerro recém-nascido, sentido pena de mim mesma." - Ana Markov - (Capítulo 24 - Capa de revista).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

William Shakespeare:Romeu e Julieta-Trecho; A "Cena do Balcão", Ato II, Cena II

Yuki Furukawa (古川雄輝)

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História