Pular para o conteúdo principal

Tear - Len Tsukimori

Status:
Personagem: Len Tsukimori (月森 蓮)
Artista: Taniyama Kisho (谷山 紀章)
Anime: La Corda D'Oro - Secondo Passo
Álbum: Tears
Música: Tear (涙)

Letra
Yuuyami semaru kousha wa hitokage mo nai
Nagarete kuru no wa hitori kimi ga hiku oto

Kasaneru you ni kokoro ga kanadeteru no wa
Miseru koto no nai namida omoi no hito shizuku

Soba ni itai sasae aitai
Sore dake no koto umaku ienai
Motomeru hodo kotoba ni sureba tayasuku kieru
Dakarakoso kanaderu kono oto de

Ima waratta to hayashite 
kimi mo waratta
Kawari yuku keshiki 
sore wa futari sugosu jikan

Daijoubu dato dakiyose nagara
Sasayakeba ii dakedo dekinai
Fukaku nareba fukaku naru hodo okubyou ni naru
Dakara koso tada hitotsu no oto de

Afure komiageru koishisa mune o tsuranuite
Kodomo no you ni madoi osore 
kogareru

"Daijoubu" dato dakiyose nagara
Sasayakeba ii dakedo dekinai
Fukaku nareba fukaku naru hodo okubyou ni naru
Dakarakoso tada hitotsu no oto de

Kokoro no soko ni hitotsubu omoi no shizuku…

Tradução:
Com a aproximação do crepúsculo, no prédio da escola, onde não há nem uma sombra.
A única coisa que eu escuto, com o passar do tempo, é a música que você toca

Tua música preenche o meu coração, e enquanto toca, as lágrimas que eu nunca tinha visto antes, derramam-se sobre meu rosto.

Quero estar do seu lado! Quero te apoiar!
Mas não consigo fazê-lo. Nem apenas dizer que tudo ficará bem.
Mesmo se eu dissesse, as palavras logo desapareceriam!
Por isso eu peço... Que toque esta canção.

Agora eu sorri, enquanto corria.
Você também sorriu!
E aos poucos, a paisagem começa a mudar...
Este é o tempo que passamos juntos!

E você diz: "Vai ficar tudo bem!" enquanto nos abraçamos
Eu poderia te apoiar, mas eu não consigo!
Esses sentimentos poderiam ser mais profundos...Porém quanto mais profundos eles ficam... Mais eu me sinto débil
Por isso, por favor, toque apenas esta canção!

Esse amor aflora-se cada vez, e ao mesmo tempo, é doloroso.
Assim, como uma criança, eu me sinto assustado e com medo.
Mas, ainda assim, sigo te amando!

E você diz: "Vai ficar tudo bem!" enquanto nos abraçamos
Eu poderia te apoiar, mas eu não consigo!
Esses sentimentos poderiam ser mais profundos...Porém quanto mais profundos eles ficam... Mais eu me sinto débil
Por isso, por favor, toque apenas esta canção!

Bem ali, no fundo do coração, há uma gota desse sentimento... Que se perde no silêncio.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alma minha gentil, que te partiste - Análise

Alma minha gentil, que te part iste   (A) Tão cedo desta vida desconte nte , (B) Repousa lá no Céu etername nte , (B) E viva eu cá na terra sempre tr iste.(A) Se lá no assento Etéreo, onde sub iste , (A) Memória desta vida se conse nte , (B) Não te esqueças daquele amor arde nte, (B) Que já nos olhos meus tão puro vi ste . (A) E se vires que pode merecer -te (C) Algũa cousa a dor que me fic ou (D) Da mágoa, sem remédio, de perder- te, (C) Roga a Deus, que teus anos encurt ou, (D) Que tão cedo de cá me leve a ver -te,   (C) Quão cedo de meus olhos te lev ou. (D) * Algua cousa = alguma coisa Autor: Luís Vaz de Camões Análise No poema, o "eu lírico" lamenta pela perda da amada, como pode se ver nos versos:  "Algũa cousa a dor que me ficou/Da mágoa, sem remédio, de perder-te" O "eu lírico" amava tanto a garota que ficou triste ao perdê-la, e lamenta a respeito disso: "Alma minha gentil que te partiste" e reza para que ela esteja feliz

O macaco e a banana

Um macaco estava comendo uma banana que escapou da sua mão e caiu no oco de uma árvore. Irritado, o macaco desceu da árvore e disse a um pedaço de pau: -Ô seu pedaço de pau, me ajuda a apanhar minha banana. O pedaço de pau não lhe deu a menor atenção. Furioso, o macaco foi até o lenhador e lhe disse: -Ô seu lenhador, venha mandar o pedaço de pau para me ajudar a apanhar minha banana que caiu no oco da árvore O lenhador não ligou para ele. Exasperado, o macaco procurou o delegado e lhe disse: -Ô seu delegado, venha mandar o lenhador ir até a floresta para mandar o pedaço de pau ajudar a apanhar a minha banana que caiu no oco da árvore. O delegado não obedeceu. O macaco foi até o rei pedir que ele mandasse o lenhador até a floresta para mandar o pedaço de pau ajudar a apanhar a banana que tinha caído no oco da árvore. O rei não lhe deu atenção. O macaco foi atrás da rainha. A rainha não lhe deu ouvidos. O macaco foi até o rato pedir que ele roesse a roupa da rainha. O rato se r

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História

A Viagem de Chihiro é uma das obras primas mais famosas de Hayao Miyazaki, e que mais ganhou premiações pela história bem elaborada. Chihiro é uma menina de dez anos, que, por casos da vida, entra em um túnel com os pais (que por sinal, estavam curiosos para saber onde a passagem ia dar) e acaba parando em um mundo paralelo, cheio de mistérios e criaturas mágicas. Sen to Chihiro no Kamikakushi ( 千と千尋の神隠し , nome original do filme) é, na verdade um jogo de palavras. Sen é uma palavra que tanto pode fazer referência ao nome que a protagonista, Chihiro, adquire durante o filme, ou "mil", "muitos" ou ainda "múltiplos". Além disso, a junção das duas primeiras palavras forma "Sento" , que significa "Casa de Banho", onde a maior parte da história se passa. O filme é composto de diversas metáforas e simbolismos tais como: A metáfora dos porcos, quando os pais de Chihiro vão ao restaurante com a menina e são tranformados em porcos - Iss