Introdução à Psicologia

Psicologia é a ciência que estuda os fenômenos psíquicos e o comportamento do ser humano através de suas emoções, sentimentos, ideias e valores.
De certo modo, pode-se dizer que a psicologia existe desde o nascimento da filosofia grega, uma vez que pensadores como Sócrates, Platão e Aristóteles já abordavam assuntos a respeito da alma humana. 
Entretanto, considera-se o início da psicologia com o pensador Wundt, considerado o fundador da psicologia por criar o primeiro laboratório psicológico na Alemanha, em 1879
Também é no final do século XIX que surgem 3 importantes correntes da Psicologia:
  • Funcionalismo: Elaborado por William James, teve a consciência humana como preocupação principal
  • Estruturalismo:  Edward Titchener preocupava em estudar os estados elementares da consciência como estruturas do Sistema Nervoso Central (SNC)
  • Associacionismo: Apresentado por Edward Thorndike, defendia que o ser humano aprendia através de associações (da mais simples até a mais complexa)
No início do século XX surgiram outras 3 importantes linhagens da Psicologia :
  • Behaviorismo: Apresentado por John Watson, defende que para cada resposta comportamental existe um estímulo.
  • Gestaltismo – surgiu na Europa, mais precisamente na Alemanha, com Wertheimer, Köhler e Koffka, entre 1910 e 1912, e defende que deve-se compreender o homem como um todo.
  • Psicanálise: Apresentada por Sigmund Freud pela primeira vez, tem como foco principal o inconsciente e recupera a importância da afetividade.
Hoje, no século XXI, a psicologia pode contribuir para diversas áreas do conhecimento humano, que são:
  • Psicologia Experimental
  • Psicologia da Personalidade
  • Psicologia Clínica
  • Psicologia do Desenvolvimento
  • Psicologia Organizacional
  • Psicologia da Educação
  • Psicologia da Aprendizagem
  • Psicologia Esportiva
  • Psicologia Forense
  • Neuropsicologia
O Psicólogo atua em laboratórios, consultórios e hospitais para contribuir na melhora da saúde das pessoas.
Em escolas, ele auxilia na orientação educacional do aluno que tem algum tipo de distúrbio ou necessita de tratamento especial. 
No mais, é importante lembrar que para atuar na área, o profissional precisa se registrar no Conselho Regional de Psicologia (CRP)

Fontes:

Comentários

Postagens mais visitadas