Pular para o conteúdo principal

Crystal Time - Miyano Mamoru

Status:
Título: Crystal Time
Artista: Miyano Mamoru
Classificação: Tema do personagem Ichinose Tokiya (Uta no Prince-sama insert song)
Conteúdo: Com letra e tradução

Música:

Letra:
Crystal Time

Oboete imasu ka princess?
Hajimete atta ano hi
Kimi wa hitori bocchi de sora wo mi agete ita…
Jibun no mune no oku ni aru
Jibun dake no houseki wo
Kimi wa tabun mada mitsu kete nai dake…

Kimi no se ni nemuru tsubasa wa kaze dake wo matteru
Mi wo makasete me wo tsumutte kanjiru hazu atatakasa wo

Hikaru oka de machi tsuzukeru
Kimi ga habataku yume
Te wo tsunaide shinjite hora issho ni tobi tatou

Omoi dashite (Feel my heart) Ano egao wo (Feel my love)
Tomaranai music (Music) Niji no melody (Melody)
Towa ni kirameku stardust song

Oboete imasu ka princess? (Kirari)
Nana iro no konpasu wa (Kirari)
Suishou no youni hora mata mirai ni kagayaku
Maigo no kokoro nakanaide
Itsu datte kimi no soba ni iru
Sasageru toki no dream tomo ni kizamou yo
Feel it, crystal time

Sewashi nai mai nichi no naka kizu keba jikan wa tachi
Karendaa wo mekuru hibi ni yume ga sukoshi tame iki shite

Douka wasure naide hoshii kimi no sono ryoute niwa
Kamisama sae hoho emu youna only one ga nemuru

Tonari ni ite (Feel my heart)
Mi mamoritai (Feel my love)
Tsumugi au music (Music) Utau melody (Melody)
Sora wo irodoru starlight song!

Oboete imasu ka princess? (Kirari)
Aru ita ashi ato ni wa (Kirari)
Kimi iro no hana tachi ga utsukushiku saite iru
Sono hitotsu no hana wa ima mo
Kimi dake zutto shinjite iru
Ai no na no moto de kimi ni chikaitai

Kimi to sugoshita toki wa
Watashi no subete ni nari
Suishou no youni hora kagayaki dasu yo crystal time…

Maigo no kokoro nakanaide
Itsu datte kimi no soba ni iru
Sasageru toki no dream tomo ni kizamou yo
Feel it, crystal time

Tradução
Tempo de Cristal

Você se lembra, princesa?
Na primeira vez que nos encontramos, 
Você estava sozinha, e olhava para o céu
No seu próprio coração
Há uma joia que é só sua
Talvez você apenas não tenha encontrado ainda

As suas asas adormecidas, estão a esperar pelo céu
Relaxe, feche os olhos, e sentirá algo caloroso

A cidade continua, no interior desta brilhante luz
Onde você pode voar para os seus sonhos
Segure em minhas mãos, acredite em mim, e estamos prontos para decolar juntos!

Lembre-se (sinta o meu coração) daquele sorriso (sinta o meu amor)
A música que não para (música) é a melodia do arco íris
E a brilhante música de pó estelar, se tornará eterna

Você se lembra, princesa? (Brilho)
O Compasso das 7 Cores (Brilho)
Está brilhando como um cristal, e logo, aponta novamente para o futuro.
Não chore, coração perdido...
Porque eu estarei sempre ao seu lado
Te apoiarei e te darei o sonho de todos os tempos 
Sinta isso, o tempo de cristal

Por causa da nossa rotina agitada
O tempo do calendário, passa mais depressa que o momento em que nossos sonhos seguem em frente

Não se esqueça da sua estrela, nem que seja para carregá-la na palma de sua mão
Deus sempre tem uma solução, nem que apenas uma coisa ainda esteja adormecida

Fique ao meu lado (sinta o meu coração)
Quero te proteger (sinta o meu amor)
A música que nos une (música) é aquela que eu vou cantar (melodia)
E céu ficará tingido com a canção do brilho das estrelas!

Você se lembra, princesa? (Brilho)
Depois que você andou com suas próprias pernas (Brilho)
Suas flores estão a desabrochar maravilhosamente
E aquela única que restou, é a flor
Em que você foi a única a acreditar todo esse tempo
Por isso, eu prometo que sempre te amarei

O tempo que passei com você
Vai  se tornar tudo o que eu tenho
E brilhará como um cristal...Porque este é o tempo de cristal...

Não chore, coração perdido...
Porque eu estarei sempre ao seu lado
Te apoiarei e te darei o sonho de todos os tempos 
Sinta isso, o tempo de cristal

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Alma minha gentil, que te partiste - Análise

Alma minha gentil, que te part iste   (A) Tão cedo desta vida desconte nte , (B) Repousa lá no Céu etername nte , (B) E viva eu cá na terra sempre tr iste.(A) Se lá no assento Etéreo, onde sub iste , (A) Memória desta vida se conse nte , (B) Não te esqueças daquele amor arde nte, (B) Que já nos olhos meus tão puro vi ste . (A) E se vires que pode merecer -te (C) Algũa cousa a dor que me fic ou (D) Da mágoa, sem remédio, de perder- te, (C) Roga a Deus, que teus anos encurt ou, (D) Que tão cedo de cá me leve a ver -te,   (C) Quão cedo de meus olhos te lev ou. (D) * Algua cousa = alguma coisa Autor: Luís Vaz de Camões Análise No poema, o "eu lírico" lamenta pela perda da amada, como pode se ver nos versos:  "Algũa cousa a dor que me ficou/Da mágoa, sem remédio, de perder-te" O "eu lírico" amava tanto a garota que ficou triste ao perdê-la, e lamenta a respeito disso: "Alma minha gentil que te partiste" e reza para que ela esteja feliz

O macaco e a banana

Um macaco estava comendo uma banana que escapou da sua mão e caiu no oco de uma árvore. Irritado, o macaco desceu da árvore e disse a um pedaço de pau: -Ô seu pedaço de pau, me ajuda a apanhar minha banana. O pedaço de pau não lhe deu a menor atenção. Furioso, o macaco foi até o lenhador e lhe disse: -Ô seu lenhador, venha mandar o pedaço de pau para me ajudar a apanhar minha banana que caiu no oco da árvore O lenhador não ligou para ele. Exasperado, o macaco procurou o delegado e lhe disse: -Ô seu delegado, venha mandar o lenhador ir até a floresta para mandar o pedaço de pau ajudar a apanhar a minha banana que caiu no oco da árvore. O delegado não obedeceu. O macaco foi até o rei pedir que ele mandasse o lenhador até a floresta para mandar o pedaço de pau ajudar a apanhar a banana que tinha caído no oco da árvore. O rei não lhe deu atenção. O macaco foi atrás da rainha. A rainha não lhe deu ouvidos. O macaco foi até o rato pedir que ele roesse a roupa da rainha. O rato se r

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História

A Viagem de Chihiro é uma das obras primas mais famosas de Hayao Miyazaki, e que mais ganhou premiações pela história bem elaborada. Chihiro é uma menina de dez anos, que, por casos da vida, entra em um túnel com os pais (que por sinal, estavam curiosos para saber onde a passagem ia dar) e acaba parando em um mundo paralelo, cheio de mistérios e criaturas mágicas. Sen to Chihiro no Kamikakushi ( 千と千尋の神隠し , nome original do filme) é, na verdade um jogo de palavras. Sen é uma palavra que tanto pode fazer referência ao nome que a protagonista, Chihiro, adquire durante o filme, ou "mil", "muitos" ou ainda "múltiplos". Além disso, a junção das duas primeiras palavras forma "Sento" , que significa "Casa de Banho", onde a maior parte da história se passa. O filme é composto de diversas metáforas e simbolismos tais como: A metáfora dos porcos, quando os pais de Chihiro vão ao restaurante com a menina e são tranformados em porcos - Iss