Documentos mostram que a ditadura militar foi protagonizada pelos EUA

Documentos secretos recém-revelados confirmam protagonismo dos Estados Unidos na instauração da ditadura militar no Brasil. 
A investigação é tema de documentário.

Não é exatamente uma novidade. Rezam as más línguas que a ditadura militar brasileira foi arquitetada pelos Estados Unidos. Para alguns, é um fato histórico inquestionável. Para outros, no entanto, isso é mera teoria da conspiração.
O tema é sensível. Mas, de acordo com documentos históricos recém-revelados, não resta dúvida: o golpe militar de 1964 foi, de fato, uma tramoia dos ianques.
Os dados indicam que os norte-americanos tramaram e executaram, meticulosamente, cada passo que culminaria, em abril de 1964, na deposição do presidente João Goulart

Essa história sempre foi mal contada. 
Agora, um instigante documentário –O dia que durou 21 anos – apresenta fatos e dados de difícil refutação. São documentos oficiais e gravações em áudio que mostram conversas de embaixadores e políticos norte-americanos tanto nos Estados Unidos como no Brasil. Esses dados indicam que os norte-americanos tramaram e executaram, meticulosamente, cada passo que culminaria, em abril de 1964, na deposição do presidente João Goulart e na instauração de um dos períodos mais sombrios de nossa história política.
E é claro que, para o sucesso do plano, foi fundamental a cumplicidade de alguns conhecidos barões de imprensa. 

Em tempo: o regime militar alavancou a ascensão de um império midiático ainda hoje influente no país – assunto que, é claro, não poderia ficar de fora do documentário.
Vale a pena assistir. 
Dirigido por Camilo Tavares, o documentário foi lançado em março de 2013. 
E a dica vem em boa hora. Pois em 2014 memoramos – ou lamentamos – os 50 anos do início da ditadura militar no Brasil.

Documentário: "O dia que durou 21 anos"


Fonte: Revista "Ciência Hoje" (CH) - UOL

Comentários

Postagens mais visitadas