Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2014

Rivalry X Love

SPECIAL  A Every day I get up early And I feel very happy To have one more day with my friends I'm going to study And then with Takishima I'll compete Always competed with him But I don’t feel anything Because I just wanted Win After a while When we were at a party I felt A strange feeling in my heart Why was I feeling that? What was happening in my heart? Was I starting to like him? And why? What he's for me? I don’t know... ‘Cause I remember that day, the frist time I met him I just could tell him: "Takishima, hello!" I also   remember   we were   at my house, In a big competition I knew I could fight with him ‘Cause I was young But I was very strong It was   the   first   time   we compete But   why   so   suddenly Something   so   strange Happened to me ? I was always by him   side I liked it Because I   knew I had   a   magic The magic   to   make him happy I think after much I think I got Not just li

Elementos da Narrativa

Enredo: É a história propriamente dita, composta de uma sucessão de fatos (sequência), uma trama bem elaborada, com envolvimentos entre as personagens e um clímax (o ponto mais emocionante da história, importante para o desenrolar da história) Espaço: É o local onde se passa a história Pode ser classificado em: Aberto: região, cidade, país, etc Fechado: Espaço específico (casa, quarto, loja...) Tempo:  O tempo se classifica em: Cronológico: é o tempo que pode ser medido através do relóigio, calendário, ou algo do gênero, enfim, qualquer coisa que se possa medi-lo Psicológico: É o tempo que só existe na imaginação do personagem Personagens: São aqueles que praticam as ações e participam da história São classificadas em: Planas: Personagens mais simples, que não mudam de personalidade durante a história Esféricas: Personagens mais complexas, que mudam de personalidade e de atitude durante a trama  Tipos: Representam um grupo social ou uma profissão (padre

Grécia Antiga

No início dos tempos, não havia tantos registros da Civilização Grega, porque toda a sua história, era contada através de mitos e lendas. As obras mais conhecidas desse perído, são a Ilíada e Odisséia, atribuídas a Homero, e que narram a Guerra de Tróia. Vale lembrar que tudo começou na ilha de Creta, e aos poucos, a Grécia foi expandindo seus territórios, e depois, formaram os genos (famílias comandadas pelo ancião), até formarem as pólis (cidades, em grego antigo). As pólis mais famosas eram Esparta e Atenas, esta última principalmente. Atenas sempre teve fama de ser "democrática", mas dos 350 mil cidadãos, somente 35 mil, poderiam opiniar sobre as leis e afins já que a maioria da população (mulheres, crianças, estrangeiros, escravos) não participava da vida política. Sendo assim somente a elite tinha plenos poderes (como se isso fosse novidade...), já que esses eram os grandes proprietários de terras. Também vale ressaltar que as pólis eram autômas, porém tinham gra

Shakespeare - Amizade

Poesia

Poesia é um tipo de texto literário, que faz parte do gênero lírico Nela, o eu lírico expressa seus sentimentos sobre algo, de maneira a comover o leitor com a poesia Composta por versos e organizada em estrofes, suas características podem variar de acordo com o período da história em que foi escrita Verso Verso: O verso é uma linha de uma poesia, e pode ser um verso rimado ou um verso branco (sem rimas) Um conjunto de versos é chamado de estrofe Rimas: As rimas podem ser classificadas em Rima pobre: Quando as palavras rimadas pertencem à mesma classe gramatical Exemplo:  Nasce o Sol e não dura mais que um dia, (...) Em contínuas tristezas, a alegria. (dia e alegria = substantivos) Rima Rica: é aquela em que as palavras rimadas são de classes gramaticais diferentes Exemplo: "Mas que na forma se disfarce o emprego Do esforço: e trama viva se construa De tal modo, que a imagem fique nua Rica mas sóbria, como um templo grego." No poema: E

Conceito de Arte e Literatura

Arte é qualquer forma de expressão, que permite passar uma mensagem: dança, escultura, pintura, e a própria literatura, são exemplos de arte A Literatura tem como matéria prima, as palavras, e, em geral, elas são selecionadas e combinadas de forma a passar a emoção estética ao leitor, ou seja, contagiá-lo e chamar sua atenção através das obras. Por isso, nos textos literários, é utilizada, na maioria das vezes, a linguagem conotativa (aquela com sentido figurado), sendo que também aparecem as figuras de linguagem. Figuras de Linguagem As figuras mais usadas são: Metáfora: É uma comparação simplificada Exemplo: Quando dizemos "Aquela garota é uma flor", estamos falando de um modo mais simples, que a menina é graciosa como uma flor, o que explica o conceito de metáfora Metonímia: É usada para estabelecer uma relação entre as palavras. Há vários casos de metonímia, nos quais pode-se destacar: O Autor pela obra - Exemplo: Nos tempos livres, leio Shakespeare (

Kamichama Karin

Ficha do Anime Título: Kamichama Karin Título Original:   かみちゃまかりん Baseado no mangá de: Koge Donbo Exibido na TV em: 06/04/2007 até 28/09/2007 Número de Capítulos: 26 Gênero: Mahou Shoujo/Comédia Script do anime feito por: Yuuko Kakihara Dirigido por: Yukiko Ishibashi Sinopse Kamichama Karin conta a história de Karin Hanazono, uma garota do ensino fundamental, muito simpoática e carinhosa, e ao mesmo tempo, não vai bem na escola. Menina órfã, ela tinha como sua única companhia, um gatinho branco, chamado Shi-chan. No primeiro capítulo do anime, Karin ainda mora com sua tia, brava e exigente Um tempo se passa e depois de muito tempo, seu companheiro felino morre, mas quando foi enterrá-lo encontrou com um menino, um pouco mais velho que ela, chamado Kazune Kujou, e descobre também uma agradável menina chamada Himeka Kujou (prima de Kazune, no início da história), que logo se torna sua amiga. Karin achava que a sua vida era supernormal, mas, na verdade, ela

Frases célebres