Rio Lete, o Esquecimento Puro

Sobre o Rio Lete
Bem, para começar, há contradições sobre a história do tal rio: Alguns dizem que Lete era também, uma náiade (as ninfas de água doce), sendo filha de Éris, e outros (a maioria) dizem que era somente um dos rios pertencentes ao Reino de Hades.
Dizem que a localização desse rio é mais uma das contradições, em relação a este mito, tendo duas possibilidades:

  1. Obviamente, estaria localizado no Hades, mais especificamente, nos Campos Elíseos, e as pessoas permaneceriam por lá durante 1000 anos, para que se habituassem com o local,apagassem as memórias passadas (bebendo a água do Lete) e pudessem reencarnar em outro corpo, ou somente habitar o Hades, ou ainda se transformarem em animais (das duas versões, essa é mais aceita)
  2. Estaria localizado numa região de melancolia, onde os defuntos não sofriam tormentos

Dizem que a água do Lete afetaria a qualquer um, mesmo se fosse uma única gota!
A única excessão é que se alguém somente se molhasse com ela, nada aconteceria, mas ainda seria arriscado
Entretanto, se ingerida a água do rio, surtiria diversos efeitos e, dependendo da quantidade de água consumida, poderia acarretar na perda de memória por apenas algumas horas, como também uma vida inteira.
Segundo a mitologia, as águas desse rio emitiam um som agrádavel, como uma canção de ninar, que acalmava a pessoa que estava passando por ali.
Por isso, fica a dica: suas águas são tranquilas, mas profundas!

Lendas que mencionam o Rio Lete
O principal conto que menciona o Rio do Esquecimento, era um cujos personagens são do povo, pois, igualmente aos gregos, os Romanos também acreditavam que Lete era um "Rio Sagrado", mas, que o mesmo os levaria ao Hades.
Bem, vamos a ele:

Dizem que no ano 136 a.C, um exército romano comandado por Bruto fez muitas conquistas no território que veio a ser Portugal.
Os soldados atravessaram vários rios, mas ao avistarem a margem do Rio Lima, temiam atravessá-lo, pois pensavam que aquele seria o Rio Lete, e se o fizessem, suas memórias seriam apagadas de vez.
Somente quando um deles, (muito corajoso) atravessou o Lima, e mostrou aos seus companheiros que nada lhe aconteceria a eles se também passassem por lá, é que todos conseguiram atravessar sem medo algum...
Vai entender, né?

Fontes:
http://santuarioolimpiano.forumeiros.com/t485-lete-o-rio-do-esquecimento
http://anna1798escuridao.blogspot.com.br/2011/07/o-significado-do-rio-lete-na-mitologia.html
http://correntecrescente.blogspot.com.br/2013/09/rios-nos-mitos-analise-dos-seus.html
http://www.pt-comunidades.com/index.php?option=com_content&view=article&id=615:lendas-e-mitos-de-portugal-lenda-do-rio-do-esquecimento&catid=70:lendas-e-mitos-de-portugal&Itemid=305

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

William Shakespeare:Romeu e Julieta-Trecho; A "Cena do Balcão", Ato II, Cena II

Yuki Furukawa (古川雄輝)

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História