Maria Gomes e os cavalinhos mágicos

Era uma vez, um viúvo tão pobre que precisou abandonar um dos seus filhos na floresta.
Um sorteio decidiu que Maria é que deveria partir.
A menina sentiu imensa tristeza. Depois que o pai a deixou na floresta, ela vagou por muito tempo.
Quando já não aguentava mais, subiu numa árvore e avistou o telhado de uma casa
A menina foi lá e descobriu que a casa estava deserta. Entrou e ouviu uma voz lhe dizer:
-Maria Gomes, vá comer!
Nisso, ela viuu uma mesa repleta de pratos deliciosos.
Depois, a voz lhe disse:
-Vá descansar, Maria Gomes
Ela foi ao quarto, onde encontrou uma linda cama. E assim viveu duante muitos dias.
Até que a voz lhe disse:
-Amanhã haverá um cavalo branco esperando por você. Ele trará um tesouro amarrado à sela. Entregue-o ao seu pai, mas nunca lhe diga onde está morando!
Maria obedeceu a voz, e quando chegou em casa, todos ficaram muito felizes.
Mas, logo ela partiu de volta para a casa misteriosa.
O tempo foi passando, e Maria sempre visitava sua família e levava-lhes dinheiro.
Um dia, seu pai faleceu e ajovem chorou muito. Então seu cavalo lhe disse:
-Maria, ouça bem. Vista-se de homem e encontre outro cavalo branco. Siga os conselhos de seu novo animal. Assim, terá a felicidade.
Maria padssou a trabalhar no jardim do palácio de um rei
Mesmo pensando que Maria fosse um jovem, o filho do rei apaixonou-se por ela.
Preocupado, o príncipe dizia à mãe:
"Minha mãe do coração
Os olhos de Gomes matam.
São de mulher sim, 
Não são de homem, não."
Certo dia, o cavalo deu um estranho conselho à Maria
-Esta noite, tire o chapéu, deixe os cabelos soltos, e abra a janela!
Acontece, que justo nesta noite, o príncipe, insone, passava pelo jardim.
Quando notou a janela aberta, resolveu espiar se o jardineirinho estava dormindo
Ao avistar a linda Maria adormecida, percebeu que estava certo: havia se apaixonado por uma bela jovem.
Entrou no quarto, declarou seu amor, e pediu a mão da moça em casamento
E assim, a pequena Maria, que fora abandonada na floresta, salva pelos cavalhinhos mágicos, e que se fingia de rapaz, acabou virando a princesa do mais belo palácio do sertão.

(História do folclore brasileiro)


Fonte:
Livro: Lá vem história - Contos do folclore mundial
Autora: Heloísa Prieto
Ilustrador: Daniel Kondo
Editora: Companhia das Letras

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

William Shakespeare:Romeu e Julieta-Trecho; A "Cena do Balcão", Ato II, Cena II

Yuki Furukawa (古川雄輝)

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História