Ceto, a mãe dos Monstros Marinhos

Ceto (pronuncia-se Keto) é mãe dos monstros marinhos, das baleias e de outras criaturas, e é a personificação dos perigos do mar e dos terrores desconhecidos.
Ela é um dos deuses primordiais originados da união da deusa Gaia (terra) e Pontos (deus marinho).
Esposa-irmã de Fórcis, teve com ele Equidna, as Górgonas (Medusa, Euríale, e Esteno), Skyllla ou Cilla, Ládon (o chamado "Dragão das Hespérides") e as Greias (as "velhas")
Ela é representada como uma linda e bela mulher, ou como alguém monstruosa e detestável.
Era capaz de gerar belas filhas, mas que eram igualmente temidas pelos outros deuses, por serem perigosas, e terem um caráter assustador e horripilante!
A deusa também foi chamada de Krataiis (das rochas), Lamia (o tubarão) e Trienos (Três vezes).
O último título equiparando-a com as três vezes que engoliu o monstro Kharybdis.Krataiis também foi identificada (ou confundida) com a deusa Hécate em alguns relatos do escritor romano Higino.

Fonte:
http://dezmilnomes.wordpress.com/2013/09/03/ceto/

Leia mais sobre a deusa em:
  1. Histórias Mitológicas - Ceto
Veja também:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

William Shakespeare:Romeu e Julieta-Trecho; A "Cena do Balcão", Ato II, Cena II

Yuki Furukawa (古川雄輝)

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História