Barbie e as Três Mosqueteiras - Corinne D'Artagnan

Sobre Corinne D'Artagnan
Corinne é uma menina gentil, compreensiva, e persistente, que sempre faz de tudo para realizar seus sonhos.
Aos 17 anos de idade, ela parte da Gasconha, para Paris, a fim de poder realizar seu sonho de ser mosqueteira real.
Ela tem uma carta para o Capitão dos Mosqueteiros, Treville, amigo de seu pai.
Mas, para chegar lá, ela tropeça com três garotas no caminho; uma que estava fazendo uma capa para si mesma; outra que estava tocando violino perto de uma fonte; e a última que estava apreciando as rosas do jardim, e recitando uma passagem de Shakespeare.
Todas ficam muito bravas com Corinne, por ser muito atrapalhada e desajeitada
Depois de algum tempo, ela descobre que as 3 garotas eram na verdade, empregadas do palácio francês, e suas novas amigas de trabalho: Viveca, Renée e Aramina.
Logo, Corinne faz amizade com as mesmas, e ela tem o direito de ficar no palácio durante uma semana.
Um tempo depois, Corinne procura o arco de Renée e o encontra.
Assim, esta última sente grata por ter uma amiga fiel como Corinne, que por sua vez, logo dormiu, exausta por um dia cheio de trabalho.
Persistente, ela e suas amigas treinam muito para ter o cargo de mosqueteiras, até que, depois de muito passarem, conseguem o que tanto queriam, e com uma rei que deposita muita confiança nelas.

Quotes/Frases
  • Para Madame de Bossé: "Ainda não, mas é o meu sonho"
  • Para Mounsieur Trèville, (quando falou com ele pela 1° vez): "Você conhecia o meu pai, D'Aertagnan"
  • Para Renée (quando tirou-a da fonte) : "Tudo bem, mas vai ter que ficar na fila"
  • Para o Príncipe Louis: "Só porque tem que ter os pés fincados no chão, não quer dizer que não possa alcançar os céus"
  • Para Phillip,(quando estava lutando contra ele, para salvar o Príncipe): "Bela história, pena que a tua não terá um final  feliz"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

William Shakespeare:Romeu e Julieta-Trecho; A "Cena do Balcão", Ato II, Cena II

Yuki Furukawa (古川雄輝)

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História