Barbie e as Três Mosqueteiras

Essa história tem como personagem principal, uma garota chamada Corinne, residente da Gasconha, que vai a Pais, para realizar seu desejo de se tornar uma mosqueteira assim como seu pai, D'Artagnan.
Por isso, ao chegar à capital francesa, ela entrega uma carta ao capitão dos Mosqueteiros, Mounsieur Treville, dizendo-lhe sobre seu sonho, mas ele a rejeita, dizendo que não está preparada para exercer tal função.
Depois, começa a trabalhar no palácio como empregada, e descobre que suas amigas de trabalho eram as mesmas que ela havia tropeçado alguns minutos antes.
Por sorte, as 4 meninas tornam-se amigas, e Corinne fica uma semana com Aramina, Renée, e Viveca.
Não tardou para as companheiras descobrirem que elas tinham o mesmo sonho guardado consigo mesmas: Queriam ser Mosqueteiras!
Até que um dia, uma velha senhora, chamada Helène, escuta a conversa das 4 meninas, e se
dispõe a treiná-las para que realizem seu desejo.
Dias e dias, horas e horas de treino...Depois de muita prática, Corinne consegue derrotar a Madame Helène.
Quando saem pela cidade, para comemorar a vitória de Corinne, as companheiras descobrem que o cardeal e seus comparsas querem sabotar o Baile de Máscaras.
Infelizmente, ninguém acredita nas garotas, que são expulsas por um tempo.
Mas, como a esperança é a última que morre, elas enfrentam os obstáculos, e com suas máscaras, lindos trajes e suas armas (espada, laço, perdra preciosa e leque) escondidas, elas partem para o salão de festas, a fim de derrotar o criminoso.
Felizmente, tudo acaba bem, e quando o Príncipe Louis descobre a real identidade de suas salvadoras, se surpreende muito, e  assim, após ser coroado o Rei da França, ele declara as 4 meninas como suas novas e bravas Mosqueteiras

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

William Shakespeare:Romeu e Julieta-Trecho; A "Cena do Balcão", Ato II, Cena II

Yuki Furukawa (古川雄輝)

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História