Pular para o conteúdo principal

Rebeca Arimi Suzuki

Rebeca Arimi Suzuki

Atalanta, aquela que se transformou em leoa

Mito de Atalanta

Há várias teorias sobre a origem de Atalanta: Alguns a consideram como sendo filha de Jaso e Clímene, e outros, como sendo fruto de Mêlano ou de Ésqueno.
Se considerarmos a primeira possibilidade, o mito é de que, seu pai Jaso, a abandonou em uma montanha (ou em uma floresta, em outras versões), porque só desejava ter filhos homens, para que sucedesse.
Como vivente das montanhas, tornou-se uma bela e exímia caçadora, protegida pela deusa Átemis, senhora da Lua e da Caça.
Em tempos remotos, dizia-se que a garota era tão ágil, que podia até competir com o deus Hermes, o mais rápido de todo o Olimpo.
Entretanto, com um visita ao Oráculo, este lhe disse: 
"Não te cases, Atlanta, pois o casamento será a tua ruína!".
Deste modo, após ouvir essa recomendação, Atalanta dedicou-se somente às atividades físicas e à caça.
Contudo, devido à sua incomparável habilidade, e incalculável beleza, diversos homens a queriam como esposa.
Vendo a situação na qual estava, a inteligente senhorita lhes fez uma pequena proposta: teriam de apostar uma corrida; aqueles que conseguissem atingir o objetivo esperado, ganhariam o prêmio tão cobiçado; caso falhassem, morreriam.
Mesmo em um rumo sem saída (só tentativa e erro), muitos rapazes arriscaram a vida, de modo a conseguirem tê-la como companheira.
Nesse meio tempo, um homem chamado Hipomenes, o qual geralmente era o juíz das corridas, teve a oportunidade de observar o esguio corpo de Atalanta, e apaixonado pela moça, chamou Afrodite para lhe ajudar em seu "caso amoroso"
A deusa, que não por nada, as "reviravoltas do amor", chegou de imediato, e entregou ao rapaz, 3 pomos de ouro (frutos de seu próprio jardim) e disse-lhe que a amada se atraíria pelas frutas, e ele conseguiria ganhar a corrida!
Dada a largada, ambos começaram a correr, e à medida que a corrida tomava sua forma, Hipomenes foi jogando as maçãs douradas no chão de modo a distrair e atrair a hábil caçadora.
Mesmo assim, a menina sempre o alcançava, e, ao final de tudo, o rapaz conseguiu seu prêmio.
Todos ficaram adimirados com a capacidade de ambos, e principalmente, do jovem, que foi o primeiro a conquistar a querida senhorita!!
Empolgados com a vitória, o jovem casal, começou a viver seu romance, e absortos na vida amorosa, o rapaz acabou se esquecendo de homenagear a deusa do amor, pela grande ajuda, que lhe concedeu.
Triste e com raiva, com o fato de não ser lembrada, e pela ingratidão de Hipomenes, Afrodite fez com que ambos fizessem sexo a força no templo de Réia, e esta, querendo vingar-se, os transformou em leão e leoa.

Representações e Metáforas presentes no mito de Atalanta.

  • Atalanta é a representação da fuga do feminino, que não se interessa em unir-se a homens, uma vez que é independente, ágil, veloz, e quer que os outros também sejam como ela. As "Atalantas da atualidade, são as executivas que, por se dedicarem muito ao trabalho e às obrigação, não têm tempo hábil para a vida amorosa
  • Atalanta simboliza as mulheres auto-centradas e sua lança representa exatamente isso.
  • O desejo primordial de Atalanta de não querer cvasar-se é reflexo da falta de consiência a respeito da sexualidade.
  • Os pomos de ouro que a deusa Afrodite concedeu ao jovem Hipomenes, e o ato de o mesmo jogá-los ao chão, durante o evento, são a represntação das estratégias de sedução, de modo a conseguir aquilo que se deseja.
  • A transformação de Atalanta e seu amado em animais ferozes, pode ser entendida como o amadurecimento de uma sexualidade "infantil", para uma mais amadurecida, tal como desenvolvimento interno e caminho da auto-descoberta, através de uma personalidadde madura e cientas das responsabilidades e daquilo que é necessário enfrentar.

Fontes de Pesquisa:

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Yuki Furukawa (古川雄輝)

Perfil
Nome: Yuki Furukawa (古川雄輝)
Data de nascimento: 18/12/1987 (27 anos) 
Altura: 180 cm 
Peso: 60 kg
Terra natal: Tokyo, Japão
Profissão: Ator e modelo
Agência: Horipro
Línguas: Japonês e Inglês

Facebook: Yuki Furukawa Oficial
Twitter: Yuki Furukawa Oficial
Instagram: Yuki Furukawa Oficial
Blog: Yuki Furukawa Oficial 



Sobre
Yuki Furukawa é um ator e modelo do Japão. Nascido em Tokyo, ele se mudou para o Canadá, em Toronto, com sua família, quando tinha apenas 7 anos de idade. Morou 11 anos no exterior, sendo que, com 16 anos, mudou-se por conta própria a Nova York (EUA), como um estudante de pesquisa durante dois anos.
Voltou ao Japão quando tinha 19 anos. Ao regressar, teve dificuldades ao se adaptar com a língua e a cultura japonesa, já que no Japão, falar inglês no dia a dia é considerado falta de educação. 
Durante o ensino fundamental, ele pertenceu ao clube de basquete. Cursou a universidade de Keio, com especialidade para Ciências da Engenharia. 
Seu pai é médico e investigador na área de me…

William Shakespeare:Romeu e Julieta-Trecho; A "Cena do Balcão", Ato II, Cena II

Ato II- Cena II

O mesmo.
Jardim de Capuleto
Entra Romeu

Romeu:Só ri das cicatrizes quem ferida nunca sofreu no corpo
Julieta aparece na janela
Mais silêncio!Que luz ecoa agora da janela?Será Julieta, o sol daquele oriente?Surge formoso sol,e mata a Lua cheia de inveja,que se mostra pálida, e doente de tristeza,por ter visto que,como serva,és mais formosa que ela.Deixa,pois, de serví-la.
Ela é invejosa.
Somente os tolos usam sua túnica de vestal, verde e doente;joga-a fora.És minha dama.Oh,sim!É meu amor!Se ela soubesse disso!Ela fala;contudo não diz nada.Que importa?Com o olhar está falando.Vou responder-lhe.
Não,sou muito ousado,não se dirige a mim.As duas estrelas do céu, as mais formosas,tendo tido qualquer ocupação,aos olhos dela pediram que brilhassem nas esferas até que elas voltassem.
Que se dera se ficassem lá no alto dos olhos dela,e em sua cabeça dois luzeiros?Suas faces nitentes(resplandecentes,brilhantes)deixariam corridas às estrelas, como o dia faz com a luz das candeias, e seus o…

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História

A Viagem de Chihiro é uma das obras primas mais famosas de Hayao Miyazaki, e que mais ganhou premiações pela história bem elaborada.
Chihiro é uma menina de dez anos, que, por casos da vida, entra em um túnel com os pais (que por sinal, estavam curiosos para saber onde a passagem ia dar) e acaba parando em um mundo paralelo, cheio de mistérios e criaturas mágicas.

Sen to Chihiro no Kamikakushi (千と千尋の神隠し, nome original do filme) é, na verdade um jogo de palavras. Sen é uma palavra que tanto pode fazer referência ao nome que a protagonista, Chihiro, adquire durante o filme, ou "mil", "muitos" ou ainda "múltiplos". Além disso, a junção das duas primeiras palavras forma "Sento", que significa "Casa de Banho", onde a maior parte da história se passa.
O filme é composto de diversas metáforas e simbolismos tais como:

A metáfora dos porcos, quando os pais de Chihiro vão ao restaurante com a menina e são tranformados em porcos - Isso representa a…