Always to Remember, de Lorraine Heath

Sobre o Livro
Que livro lindo, inspirador e reflexivo, que fala sobre o verdadeiro significado da honra e da coragem. Não é um livro água com açúcar, não é um melodrama qualquer, é uma história profundamente humana, sobre as escolhas que fazemos na vida, as suas consequências, e a força necessária para suportar o peso de lutar pelo que acreditamos. 
Clayton Hallond é o herói da história, porém não se trata de um herói que se impõe pela força bruta, por representar o estereótipo do macho alfa, tão comum nos romances. 
Ele é um homem que luta por suas convicções e prova que coragem não é violência, nem força e nem orgulho. Ele é um jovem que desertou em plena Guerra Civil americana e foi brutalmente torturado por isso, mesmo assim, em silêncio, ele volta para casa, para cuidar dos irmãos gêmeos Josh e Joe (crianças adoráveis) ao lado de Lucian.

No entanto, ele é desprezado, ignorado, taxado de "o covarde de Cedar Grove". 
Ah, que repugnante, como a intolerância me causa asco...me senti enojada com as atitudes das pessoas para com Clay e sua família. Até mesmo Meg, viúva de Kirk, um jovem da cidade que morreu na Guerra, repudiava Clay, a sua vida era um insulto, quando tantos haviam morrido “lutando”. Ela queria vê-lo derrotado, e por isso, secretamente, encomenda um monumento aos mortos... No entanto, o contato constante, a convivência com o Clay e os irmãos, aos poucos, mostra para ela a realidade das coisas e o amor cresce entre eles. 
Ela plantou a semente da retribuição, mas os frutos da vingança em nada se pareciam com o que ela esperava. 
Há muito o que enfrentar, muitas barreiras precisam ser derrubadas, Clay necessita ter seu verdadeiro valor reconhecido e também havia muito a ser revelado. O desfecho da história é emocionante. Segurem os lenços. Lindíssimo.

Minha Opinião sobre este Livro
Para começar, achei este livro por acaso no Romances in Pink, quando estava procurando livros de Gênero Histórico, que são os meus preferidos.
Gostei desta história devido a trama que a autora compõe em torno da protagonista, e o período em que se passa a história (essa foi a parte que mais me contagiou), pois menciona a época da Guerra Civil Americana
Espero poder lê-lo logo!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

William Shakespeare:Romeu e Julieta-Trecho; A "Cena do Balcão", Ato II, Cena II

Yuki Furukawa (古川雄輝)

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História