A pena e o camelo

Muitas vezes, nos irritamos com reações exageradas do nosso próximo. Fazemos um comentário, uma brincadeira, e eis que a pessoa chora ou se revolta
Uma lenda do deserto conta a história de um homem que ia mudar-se de oásis, e começou a carregar seu camelo.
Colocou tapetes, os utensílios de cozinha, baús e roupas, e o camelo aguentava tudo.
Quando ia saindo, lembrou-se de uma linda pena azul que seu pái tinha lhe presenteado.
Resolveu pegá-la e colocou em cima do camelo. Nesse momento, o animal arriou com o peso e morreu.
"Meu camelo não aguentou o peso de uma pena", devia ter pensado o homem.
Muitas vezes pensamos o mesmo do nosso próximo, sem entender que nossa brincadeira pode ter sido a gota que transbordou a taça do sofrimento.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

William Shakespeare:Romeu e Julieta-Trecho; A "Cena do Balcão", Ato II, Cena II

Yuki Furukawa (古川雄輝)

A Viagem de Chihiro - As Metáforas por trás da História