Leto, a noturna

Leto (ou Latona) é filha de Febe e Céos.
Era considerada a deusa do anoitecer ou da noite clara.
Seus Aliados eram: Astéria (sua irmã), Nix (a noite, mãe das moiras), Hipérion, Selene (a Lua) e Hécate (a feiticeira).
É uma das deusas mais conhecidas por ser a mãe de Apolo e Ártemis.
Seu maior símbolo é o Cântaro.
Leto e seus filhos, gêmeos arqueiros
Vejamos como tudo começou:
Segundo o mito da deusa, Zeus teria se apaixonado por sua irmã, chamada Astéria, mas esta, não aceitou o Rei dos Céus, e foi transformada por ele, na Ilha de Delos
Desta forma, ainda querendo alguém com quem pudesse desposar, Zeus seduziu Leto, que "caiu aos seus braços", e deixando-se levar,engravidou de dois filhos com o deus dos deuses: Eram os gêmeos arqueiros Ártemis e Apolo.
Mas, a deusa Hera, ao saber do adultério do marido, invocou um monstro enorme, chamado Píton, para que perseguisse Leto, e entre outras coisas, a Rainha das deusas criou uma maldição, a qual era para que Leto não desse a luz a ninguém, em lugar nenhum que fosse ligado à Gaia (a terra)
Assim, Leto fugiu para a Ilha de Delos (a única ilha não ligada à Gaia) carregando consigo, seus filhos, para que então, pudesse tê-los.
Conta-se que a única que não ajudou no parto de Leto foi a Hera.
Ilítia, a filha de Hera, e deusa do nascimento ajudou a deusa a parir seus gêmeos
Hélio, o Sol surgiu majestoso no céu, lançando em direção à ilha seus raios de ouro. Não podia ser diferente uma vez que havia nascido o deus da luz, Apolo de cabelos dourados e sua irmã Ártemis, a deusa da noite enluarada.
Com apenas 4 dias de vida, Apolo já se mostrou robusto e apto para a caça, e, sendo assim, o menino deus, quis incansavelmente derrotar Píton,  o monstro que havia feito sua mãe sofrer.
O monstro, ao ver que era um filho de Leto que estava o enfrentando, ficou com tanto ódio,que até morreu de cólera.

Comentários

Postagens mais visitadas